Últimas notícias

​Hipra lança vacinação por imersão para alevinos e reúne especialistas internacionais

22/07/2021 15:08:03
​Hipra lança vacinação por imersão para alevinos e reúne especialistas internacionais

Evento digital da HIPRA vai reunir profissionais da aquacultura e produtores de todo o país e da América Latina para discutir imunidade e bem estar de peixes

No dia 28 de julho, a HIPRA promove o evento Imunidade e Bem Estar para Peixes, o summit digital será 100% gratuito e online. Transmitido através de uma plataforma de streaming o primeiro Summit Digital de Imunologia na Aquacultura apresenta quatro palestras com especialistas da Espanha, Chile e Brasil que apresentarão os benefícios técnicos e econômicos que podem ser alcançados com a proteção dos alevinos. Credenciamento gratuito no hipra.quemvai.com.br .

No evento, a HIPRA apresentará o método inédito de vacinação por imersão no Brasil, tecnologia que promete revolucionar a produção de alevinos mais saudáveis e rentáveis. A imunização precoce melhora a resistência dos peixes aos patógenos do meio ambiente e ajuda a reduzir o uso de antibióticos. Raúl Benito, Brand Manager Aqua HIPRA, explica as vantagens da tecnologia que a empresa apresenta para a aquacultura brasileira. O pesquisador destaca que o método por imersão imuniza os peixes através das mucosas das brânquias, boca e pele. Isso permite proteger os alevinos, a partir de 0,5g. “Esse método de vacinação contribui para um melhor crescimento e redução da taxa de mortalidade de alevinos”, diz Benito.

A HIPRA é uma empresa farmacêutica veterinária voltada exclusivamente para a prevenção que desenvolve e produz vacinas para todas as espécies animais, bem como vacinas para peixes.

Especialistas internacionais reunidos

Na programação serão abordados temas como tendências em vacinologia, proteção de formas jovens e a tecnologia inovadora da vacinação por imersão. A palestra “HIPRA – Marcando o novo rumo”, com Erik Diaz, Aqua Business Unit Manager HIPRA, abre a programação e aborda tendências mundiais e inovações; na sequência a palestra “Criando imunidade para peixes saudáveis” com a apresentação de Marco Rozas - Médico Veterinário, especialista em imunopatologia de organismos aquáticos e proprietário do Laboratório Pathovet – Chile e Brasil; em seguida a palestra “Proteção para todos”, com Raúl Benito, Brand Manager Aqua HIPRA tratará de imunologia aplicada. A apresentação “O futuro da aquacultura” fecha o evento com Erik Diaz e João Moutinho - Area Manager Aqua HIPRA, apresentam um completo overview sobre a produção de peixes e tendências mundiais em imunologia e bem estar.

Lançamento da vacinação por imersão no Brasil

“No I Summit Digital de Imunologia na Aquacultura, explicaremos como é feita essa vacinação por imersão para mostrar a simplicidade e os benefícios técnicos e econômicos que podemos alcançar ao proteger nossos alevinos”, destaca.

A vacina por imersão é uma importante ferramenta na produção de peixes. E, segundo Benito, o desenvolvimento dos alevinos constitui uma das fases mais importantes para uma fazenda. “Os alevinos são a parte mais sensível da produção, a que mais sofre com doenças”. Esta é também a melhor fase para aplicar as soluções, com custos menores. “A biomassa é reduzida e as unidades de cultura (tanques) facilmente manejáveis”.

O tamanho dos alevinos e a grande quantidade contribui para que os custos produtivos sejam altamente diluídos (associados à mortalidade, tratamentos, alimentação, entre outros. Dessa forma, diz ele, os fatores de influência na variação dos custos passam mais despercebidos. “No entanto, uma pequena melhora nessa fase do cultivo representa um grande avanço no período de crescimento”, destaca Benito.

Por outro lado, problemas na fase de alevinos podem se arrastar para as fases de engorda. “O retardo do crescimento reduz drasticamente a biomassa final e gera perdas na qualidade do produto”, argumenta. “Ao aplicar medidas de segurança e prevenção adequadas na fase de alevinos, podemos reduzir consideravelmente os custos e aumentar o volume de produção”, enfatiza.

A vacinação de alevinos por imersão ajuda a melhorar a rentabilidade na produção de peixes. “O método protege os alevinos contra os patógenos mais importantes no período de 0,5 gramas até o momento da vacinação por injeção, quando o peixe atinge a 30 a 50 gramas”. O manejo da vacinação por imersão, reforça Benito, não requer muitos recursos, como no caso da injeção. “Trata-se de um procedimento simples, similar à anestesia por imersão”.

“Alevinos mais fortes ajudam no controle da carga bacteriana e, assim, reduzir a pressão infecciosa de patógenos”. Além de todos os benefícios citados, com peixes já vacinados por imersão, obtém-se um efeito booster ao vacinarmos por injeção. “O resultado é uma resposta imunológica mais potente e duradoura”.

Sobre a HIPRA

A HIPRA é uma empresa líder em prevenção à saúde, dedicada exclusivamente ao desenvolvimento, produção e comercialização de vacinas para todos os tipos de animais, e agora também para humanos com a nova vacina HIPRA-COVID19 desenvolvida e produzida em suas instalações. A HIPRA foca seu trabalho em vacinas porque acredita firmemente que o futuro da saúde, das pessoas, dos animais e do meio ambiente está na prevenção e na criação de imunidade para um mundo mais saudável.

A HIPRA possui uma longa e vasta experiência em vacinas para animais, também no domínio da aquicultura. Focada na aquicultura europeia, especificamente em espécies marinhas mediterrâneas como robalo e dourada, e em espécies continentais como a truta, a HIPRA também trabalha em estreita colaboração com produtores de linguado e com produtores dos países nórdicos.

Há três anos, a HIPRA aposta na aquicultura no Brasil. Por isso replica, em suas instalações de P&D em Porto Alegre, a produção e diagnóstico na Espanha, oferecendo um ótimo serviço aos piscicultores brasileiros.

A HIPRA presta atendimento personalizado a cada cliente, com assistência veterinária na fazenda e diagnóstico em seu laboratório. Dessa forma, monitora doenças e propõe soluções adaptadas à epidemiologia de cada fazenda e às exigências técnicas de cada empresa. Por acreditar que a melhor prevenção deve ser feita em conjunto, por isso trabalha em estreita colaboração com os piscicultores.

HIPRA ao redor do mundo

Com 38 subsidiárias, 2 fábricas, 3 P&D e 10 centros de diagnóstico em todo o mundo, nós executamos e monitoramos todos os estágios do processo de desenvolvimento, produção e comercialização, o que nos permite garantir a total rastreabilidade, segurança e eficácia dos nossos produtos.

Soluções Personalizadas

Sob a prescrição de um veterinário, uma vacina autógena poderá ser a melhor solução para prevenção de doenças quando vacinas comerciais não se encontram disponíveis ou não proporcionam a proteção esperada.

Uma vacina autógena é constituída de bactérias isoladas durante um surto de doença especifico de uma fazenda, seu regime e método de administração são adaptados ao plano de produção específico de tal local. A Hipra possui ampla experiência e capacidade superior no campo de produção de vacinas autógenas, tendo duas plantas de produção: uma na Espanha e outra no Brasil.

Coorganizadores

FUNDEP - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
Unioeste - International Fish Congress & Fish Expo Brasil

Apoio

ABIPESCA - Associação Brasileira das Indústrias de Pescados
Associação Brasileira da Piscicultura

Patrocínio

 Associação Brasileira da Piscicultura
Sebrae - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
BRDE - International Fish Congress & Fish Expo Brasil - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
Formento Paraná - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
SANEPAR - Companhia de Saneamento do Paraná
Copel - Pura Energia - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
Copacol - International Fish Congress & Fish Expo Brasil
3° International Fish Congress - Todos os Direitos Reservados © 2021
Desenvolvido por: BRSIS